Condições gerais


Condições gerais

Primeiro- O valor, previamente acordado por ambas as partes, é o expresso detalhadamente na confirmação da reserva. A partir do momento em que a Globalplano Férias, receba o pagamento dos 20% do montante total da reserva, enviará uma confirmação temporária por email, para o endereço eletrónico fornecido pelo HÓSPEDE no momento da reserva, a garantia de reserva não será devolvida depois de efetuado o pagamento. Os restantes 80% da reserva deverão ser pagos pelo HÓSPEDE no momento do check-in no apartamento. Uma vez que a totalidade da reserva estiver paga, a Globalplano Férias entregará ao cliente os conjuntos de chaves do apartamento.

Segundo- É da responsabilidade do cliente comunicar qualquer data ou alterações de viagem, mudança no número de ocupantes ou cancelamentos antes da data de chegada. Enquanto isso, Globalplano Férias fará todos os esforços razoáveis para acomodar as mudanças, todos os pedidos são sempre sujeitos a disponibilidade. Os cancelamentos devem permanecer de forma gratuita até 30 dias antes do dia de chegada do HÓSPEDE. Nas reservas canceladas entre 29 a 1 dia(s) da data de chegada, será aplicada a penalização de cancelamento da reserva.

Terceiro- Antes de se realizar a entrega das chaves do apartamento o HÓSPEDE deverá: Pagar o montante relativo à caução indicado no ato de reserva. O objetivo da fiança é assegurar a devolução do apartamento e o seu recheio no mesmo estado em que foi entregue. A fiança será devolvida na sua totalidade, após a saída, sempre e quando a o estado do apartamento e do seu recheio esteja nas mesmas condições do que no ato da entrega.

Quarto- O HÓSPEDE e todos os acompanhantes da reserva, assim como convidados que acedam ao apartamento devem ter em atenção os seguintes aspetos:

  1. Respeitar as horas de descanso dos moradores do prédio que são entre as 22h e as 8h.

  2. Não permitir nenhum tipo de festa ou junção de pessoas que exceda o limite de ocupantes do apartamento. Em caso de queixa por parte dos vizinhos relativamente a música elevada, acerca de festas na propriedade, ou caso seja necessário chamar a polícia, Globalplano Férias tem o direito de convidar o HÓSPEDE e os acompanhantes a deixarem o apartamento, imediatamente. Nesse caso, o HÓSPEDE, não terá direito ao reembolso de nenhum montante contratado na reserva.

Quinto- O HÓSPEDE deverá facilitar o acesso ao apartamento à Globalplano Férias no decorrer da sua estadia, sendo que tem que ser previamente notificado pela Globalplano Férias e informado das atuações de máxima necessidade que terão que ser feitas antes do termino da reserva, como por exemplo: algum tipo de reparação urgente, ou problemas mencionados pelo HÓSPEDE no interior do apartamento.

Sexto- O HÓSPEDE é responsável por qualquer dano causado no apartamento ou no seu recheio, assim como nas zonas comuns do edifício, quer sejam causadas por ele, pelos acompanhantes da reserva ou por qualquer convidado do apartamento. A Globalplano Férias não será responsável por qualquer perda ou dano nos pertences do HÓSPEDE. O HÓSPEDE é o único responsável pelas suas perdas ou danos. Se o valor dos danos ou falhas no apartamento for maior que o montante da fiança, a Globalplano Férias tem a autorização expressa do HÓSPEDE para poder cobrar o montante necessário para justificar os estragos. Os lençóis e toalhas que sejam pertencentes á Globalplano Férias e que se extraviem tem um custo de 20€ por unidade.

Sétima- Condições de uso do apartamento: 1) Globalplano Férias não é responsável pela perda de bens, roubo ou estragos dos objetos pessoais dos hóspedes. 2) A Globalplano Férias não é responsável pela inatividade do serviços TV/INTERNET,se forem problemas do operador. 3) O HÓSPEDE, consente que, somado à fiança, a Globalplano Férias, possa cobrar ao arrendatário 50€ por cada conjunto de chaves perdido ou não devolvido e 25€ por cada cartão de estacionamento ou conjunto de chaves de garagem perdido ou não devolvido. 4) O HÓSPEDE assume conhecer que o uso do apartamento em que estará alojado se rege pelo Decreto-Lei nº128/2014, de novembro de 2014 criado pelo regime jurídico que rege o Alojamento Local.

Oitavo- A Globalplano Férias tem o direito de cancelar qualquer reserva , se o apartamento reservado for considerado impróprio para ocupação devido a falhas técnicas, desastres naturais, tumultos. Esses casos devem ser comunicados imediatamente e o cliente receberá um reembolso total. A Globalplano Férias não será responsável por quaisquer outros custos para o cliente, decorrentes de tal cancelamento.